Campanha Natal Renascença a favor do Fundo Solidário

Este Natal, o olhar da Renascença está voltado para o Fundo Solidário, uma iniciativa da Igreja Católica que dá um sinal de esperança junto daqueles que, um dia, perderam o que tinham e que hoje precisam de muito mais do que uma palavra de conforto.

Tendo como ponto de partida as paróquias, que identificam os casos mais urgentes e fomentam a ajuda local e de proximidade, o Fundo Solidário dá resposta às necessidades de subsistência de muitas pessoas e famílias de norte a sul do país. Neste Natal a Renascença quer lembrar que há uma porta que está sempre aberta.

O Fundo Solidário foi criado em Junho deste ano e tem ajudado muitas vítimas de situação de pobreza nas suas necessidades mais básicas. No entanto, dada quantidade de novos pedidos de ajuda, este fundo encontra-se, neste momento, em situação muito difícil.

Para que a porta da Igreja Católica se possa manter aberta, a Renascença apela aos portugueses a darem o seu contributo para o Fundo Solidário. Por mais pequeno que seja o contributo, vai traduzir-se em muito para quem precisa: alimentos, rendas de casa, propinas e medicamentos, entre outras necessidades pelas quais muitas famílias portuguesas têm de lutar, às vezes sem conseguir.

Os donativos podem ser entregues em qualquer agência do BES, na conta “Natal Renascença” ou em qualquer terminal Multibanco, através da opção “pagamento de serviços”, preenchendo todos os campos “entidade” e “referência” com o número 7.

Para saber mais pode consultar www.rr.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: